Abdon Barretto Filho

A sazonalidade e a inconstância no mercado turístico e da hospitalidade

Abdon Barretto Filho – Economista e Mestre em Comunicação Social

No mercado turístico e da hospitalidade, a sazonalidade e a inconstância de demanda são fatores que podem impactar significativamente as operações e os resultados do setor. Durante as 52 semanas anuais, os gestores são desafiados pelas variáveis incontroláveis, principalmente as variações climáticas e as preferências dos consumidores. As experiências, as conquistas, os relacionamentos são fundamentais para alcançarem bons objetivos. Nas propostas para entendimentos e atendimentos das demandas observa-se a necessidade do posicionamento adequado. As preferências dos consumidores podem demitir todos integrantes das empresas, simplesmente optando por outros bens e/ou serviços. A oferta e a demanda de serviços turísticos estão diretamente ligadas aos períodos de alta, média e baixa temporada, bem como a eventos específicos que atraem turistas, como feriados e festivais. A sazonalidade pode gerar desafios para as empresas, como a necessidade de ajustar a capacidade de atendimento de acordo com a demanda, contratações de funcionários sazonais e a gestão de estoques de bens, assim como  serviços utilizados. Por outro lado, a inconstância de demanda influencia as oscilações nos resultados financeiros e na rentabilidade do negócio. Para lidar com essas questões, as empresas do mercado turístico e da hospitalidade precisam adotar ações estratégicas no mercado. Uma das estratégias mais comuns é a diversificação da oferta de serviços para  atrair diferentes perfis de clientes ao longo do ano. Exige profissionalismo, conhecimento e gestão competente para adaptações às realidades. Por exemplo, um hotel que depende principalmente de turistas de lazer durante a alta temporada pode buscar parcerias com empresas para atrair hóspedes corporativos durante os períodos de baixa demanda. Outra opção, é o hotel executivo identificar oportunidades nas demandas dos residentes. Ainda existe a opção do fechamento do hotel. Às vezes, é mais simples e cômodo. Nos casos dos Destinos Turísticos, o tema é relevante e preocupante quando os responsáveis não estão preparados para os exercícios dos seus cargos e funções. As empresas  podem investir em ações promocionais  para estimular a demanda em períodos de baixa temporada, como as criações  de pacotes promocionais, descontos e eventos especiais. A fidelização de clientes também é importante para garantir uma demanda mais estável ao longo do ano. É bom lembrar que é mais econômico manter clientes atuais evitando investimentos equivocados nas buscas de novos clientes. Em resumo, a sazonalidade e a inconstância de demanda são desafios comuns no mercado turístico e da hospitalidade, mas com planejamento e ações estratégicas é possível minimizar seus impactos e garantir a sustentabilidade do negócio. É importante estar atento às tendências do mercado e às necessidades dos clientes para se adaptar às mudanças e manter a competitividade no setor. Um bom Diagnóstico pode ajudar. Será ? Respeitam-se todas as opiniões contrárias. São reflexões. Podem ser úteis. Pensem nisso.

Abdon Barretto Filho

Abdon Barretto Filho

Economista e Mestre em Comunicação Social. Especializado em Economia, Comunicação e Marketing aplicados às Cidades ( City Marketing),Empresas e Entidades, destacando-se Eventos, Hotelaria, Hospitalidade e o Turismo. Consultor, Conferencista, Conselheiro, Diretor, Escritor, Colaborador em Veículos de Comunicação

Gostou desse conteúdo? Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abdon Barretto Filho
Economista e Mestre em Comunicação Social.

Acompanhe as novidades