Abdon Barretto Filho

          Valorize as Leis do Marketing

                          Abdon Barretto Filho – Economista e Mestre em Comunicação Social

É um equívoco imaginar que  o Marketing é sinônimo de Propaganda Enganosa, para tirar vantagens com “jogadas” irresponsáveis e mentirosas. No “ Marketing Mix”, a comunicação digital,  pode ser incluída, de acordo com a ética e os bons costumes, evitando-se abordagens indevidas de  conteúdos, muitas vezes  sem regras éticas e comportamentos sociais adequados. Para os pesquisadores e profissionais da Arte e da Ciência do verdadeiro Marketing reagem através das boas práticas,  conceitos, estratégias, táticas e operações para atrair atenções, captar e manter clientes nas relações mais duradouras possíveis. Se possível, eterna. Logo, a relação “ ganha-ganha” é fundamental, porque se houver a relação “ ganha-perde” a tendência é  “ perde-perde” acabando com o relacionamento. A evolução do Marketing, segundo a sua maior autoridade do mundo Philip Kotler, vem evoluindo em Eras : Marketing 1.0 – no qual foi  totalmente voltado ao produto; Marketing 2.0 -voltado ao consumidor; Marketing 3.0 -centrado aos valores humanos; Marketing 4.0 -ênfase no mercado digital e o mais atual, o Marketing 5.0 voltado ao bem-estar  humano e soluções tecnológicas. Nos meus livros, palestras, mentorias lembro das 22 Leis do Marketing, criadas em 1993, por dois famosos especialistas em estratégias: Al Ries e Jack Trout. Segundo os autores, as 22 Consagradas Leis são: 1.A Lei da Liderança ( Melhor ser o primeiro do que ser o melhor);2. A Lei da Categoria ( Se não puder ser o primeiro em uma categoria, estabeleça um nova categoria em que seja o primeiro);3.A Lei da Mente ( É melhor ser o primeiro na mente do que o primeiro no mercado);4.A Lei da Percepção ( O Marketing é uma batalha de percepção); 5.A Lei do Foco ( É representar uma palavra na mente); 6.A Lei da Exclusividade ( Duas empresas não podem representar a mesma palavra na mente); 7.A Lei da Escada ( A estratégia a adotar depende do degrau ocupado na escada); 8.A Lei da Dualidade ( Com o tempo, o mercado transforma-se em uma corrida com dois concorrentes);9. A Lei do Oposto( A estratégia de quem está almejando o segundo lugar é determinada pelo líder);10. A lei da Divisão ( Com o tempo, a categoria se divide e se transforma  em duas ou mais categorias;11.A Lei da Perspectiva ( Os efeitos do Marketing ocorrem por um período prolongado); 12.A Lei da Extensão de Linha ( Há uma pressão irresistível para estender o patrimônio líquido da marca);13. A Lei do Sacrifício (Para conseguir alguma coisa é preciso desistir de outra coisa);14. A Lei de Atributo ( Para cada atributo, há um atributo oposto, igualmente eficaz);15.A Lei da Sinceridade ( Quando admitimos um ponto negativo, o cliente em perspectiva nos dá um positivo);16.A Lei da Singularidade ( Em cada situação, apenas um único movimento produz resultados substanciais);17. A Lei da Imprevisibilidade ( Sem prever os planos dos concorrentes, é impossível prever o futuro);18. A Lei do Sucesso (Com frequência, o sucesso leva à arrogância e a arrogância ao fracasso);19.A Lei do Fracasso ( Deve ser esperado e aceito);20.A Lei do Alarde ( Com frequência, a situação é o oposto da maneira como aparece na imprensa); 21. A Lei da Aceleração ( As bases são as tendências);22. A Lei de Recursos ( A ideia que não tiver fundos suficientes não decolará). Acredita-se que no século XXI, as Leis do Marketing estão válidas para produtos, empresas, entidades, eventos, hotelaria e turismo. Será ? Respeitam-se todas as opiniões contrárias. São reflexões. Podem ser úteis. Pensem nisso.

Abdon Barretto Filho

Abdon Barretto Filho

Economista e Mestre em Comunicação Social. Especializado em Economia, Comunicação e Marketing aplicados às Cidades ( City Marketing),Empresas e Entidades, destacando-se Eventos, Hotelaria, Hospitalidade e o Turismo. Consultor, Conferencista, Conselheiro, Diretor, Escritor, Colaborador em Veículos de Comunicação

Gostou desse conteúdo? Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abdon Barretto Filho
Economista e Mestre em Comunicação Social.

Acompanhe as novidades