Abdon Barretto Filho

A Indicação Geográfica  e o Fenômeno Turístico

  Abdon Barretto Filho Economista e Mestre em Comunicação Social

Na delimitação da Oferta Turística, os aspectos geográficos somam-se aos aspectos históricos, culturais, equipamentos e serviços que vão disputar a Demanda Turística, no competitivo mercado do fenômeno turístico. Os pesquisadores, produtores e consumidores reconhecem a importância da Geografia na diferenciação e na atratividade para atrair fluxo de visitante. Nos principais núcleos receptores são encontrados bens e/ou serviços que atendem, ampliam, desenvolvem e criam demandas regionais, estaduais, nacionais e internacionais. No caso de bens e/ou serviços regionais, observa-se o profissionalismo para a valorização da produção local incluindo a proteção regional, agregando  valor e impulsionando o desenvolvimento econômico. No Brasil, são 122 Indicações Geográficas (IGs) que estão atraindo atenções nacionais e internacionais resultantes dos selos oficiais de “ Indicação Geográfica ( IG)” conquistados através de pesquisas, procedimentos operacionais padrões e gestões. São identificados os produtos  característicos  dos locais de origens, seus métodos produtivos, recursos naturais, autenticidades. Além de preservar a biodiversidade da região e difundir a cultura local, a conquista do selo também agrega valor ao produto impulsionando negócios. Para ampliar suas parcerias, produtores brasileiros estarão em Gramado na próxima edição do Connection Terroirs do Brasil, que acontece de 15 a 18 de maio. Vindos de diferentes regiões do país, eles irão expor seus produtos com Indicação Geográfica e participarem de rodadas de negócios para ampliarem suas respectivas  produções. Em 2023, foram 27 participantes e, este ano, a expectativa é de ter 50 expositores na Alameda Terroir, feira que será montada na Rua Coberta de Gramado. É um evento diferenciado e único que será sucesso no receptivo do Município. Segundo os responsáveis pelos chancelamentos, as IGs   nacionais tiveram potencial de envolver mais de 190 mil pequenos negócios em 2.200 municípios do país. O Produto com IG também é utilizado na estratégia do City Marketing, fortalecendo a Marca da Cidade e do Território original,  atraindo visitantes: turistas, participantes de eventos e investidores. Os produtos das IGs são singulares e diferenciados com importantes apelos promocionais e de experiências fundamentais no fenômeno turístico. Convém salientar que os  verbos:  transportar, visitar, degustar, entreter, comprar e dormir são impactados pelo Geografia. A Indicação Geográfica pode atrair visitantes aumentando  a estadia média da visita ao local onde estão sendo produzidos e sendo motivo de consumo nas residências habituais. Será ? Respeitam-se todas as opiniões contrárias. São reflexões. Podem ser úteis. Pensem nisso.

Picture of Abdon Barretto Filho

Abdon Barretto Filho

Economista e Mestre em Comunicação Social. Especializado em Economia, Comunicação e Marketing aplicados às Cidades ( City Marketing),Empresas e Entidades, destacando-se Eventos, Hotelaria, Hospitalidade e o Turismo. Consultor, Conferencista, Conselheiro, Diretor, Escritor, Colaborador em Veículos de Comunicação

Gostou desse conteúdo? Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abdon Barretto Filho
Economista e Mestre em Comunicação Social.

Acompanhe as novidades